O e-mail com o melho título sempre vai destruir a sua reputação para sempre!

Olhem bem a bomba desta newsletter do Twitter Counter:

O quê, perdemos 53 seguidores? Assim de repente? Mas quem e por quê? Calma, o próprio Twitter Counter prontifica-se a explicar. Basta clicar no link que está na newsletter para sabermos quem são essas pessoas e quando saíram. É que nossa, 53 seguidores… É muita gente, que muito custou a fidelizar e que se esvazia assim de um momento para o outro. Que bagunça fizemos? Tem que haver uma explicação!

Por que é que todas essas pessoas deixaram de seguir vocês no Twitter?

Não deixaram.

Quê, jura?

Naquele período perdemos 2 seguidores e ganhamos 5. Nada de anormal, portanto.

Mas então o tí­tulo daquele email?…

Exato! Foi sacanagem para obrigar a abrir o email e clicar. Nunca nos passaria pela cabeça que o Twitter Counter faria tal coisa; aliás, inicialmente até pensávamos ter-se tratado de uma simples falha nos códigos de personalização deles. Afinal, se têm acesso aos dados dos “unfollows”, seria de esperar que pegassem nesses dados e incorporassem eles no tí­tulo do email enviado a cada usuário (no nosso
caso ficaria, por exemplo, “2 people unfollowed you on Twitter. Learn who they are!”). Assim ganhariam simultaneamente um tí­tulo apelativo e uma excelente demonstração da própria funcionalidade que estavam anunciando.

Mas basta uma pesquisa rápida no Google para confirmar que aquele aterrador “53 people unfollowed you on Twitter” foi realmente o título de todos os emails que o Twitter Counter enviou aos usuários! Esperamos sinceramente que tenham tido um extraordinário pico de aberturas e cliques, pois de nós dificilmente voltarão a ter algum 😉 Eis o que nos vem à cabeça sempre que agora vemos um email deles:

Mas crédito a quem merece: com tudo isto, o Twitter Counter conseguiu arranjar um dos títulos mais eficazes que alguma vez vimos! É impossível não ir lá imediatamente abrir e clicar, sobretudo para quem faz gestão de redes sociais. Só é uma pena que tenham usado esse tí­tulo da pior forma possível.

Então deduzo que nunca mais vão querer ver emails do Twitter Counter?

Precisamente o contrário (embora tenhamos tido vontade disso quando vimos que nos tinham sacaneado ;). Continuam tendo diversas ferramentas e estatísticas úteis para gerir perfis do Twitter e parece que se aperceberam do erro que cometeram, dado que pouco tempo depois deste email enviaram um outro que somente perguntava (e ainda bem) “Who unfollowed you on Twitter?”.

Qual a lição a se aprender então? Muito, muito cuidado ao pensarem em usar títulos e assuntos “criativos” e fortemente agressivos. O limite entre sensacionalismo e charlatanice é tênue. Os vossos subscritores podem estar dispostos a perdoar um embuste desses… mas nunca se esquecerão dele 🙂

Maclei

Trabalhando com informática a mais de 22 anos, e com internet desde 1999, não costumo esconder o jogo e odeio panelinhas e a falta de verdade que alguns insistem em praticar no mercado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *