Cuidado com o overselling!

Neste meu segundo texto daqui do Blog do Host venho novamente falar de um assunto polêmico e controverso: o overselling! Mas vocês, que não são do ramo, ou até os que são do ramo, podem estar se perguntando: o que é overselling? Overselling é “a arte” de oferecer o que você não tem! Pode parecer exagero, mas é exatamente isso o seu significado prático.

Vamos dar um exemplo para que todos possam entender melhor. Tomamos como exemplo uma pequena empresa de hospedagem de site que tem 100GB de espaço em disco disponível. Se esta empresa vender planos de hospedagem de sites com espaço em disco de 10GB, ela teoricamente só poderia vender 10 planos, totalizando os 100GB que ela tem disponível. Mas muitas empresas, inclusive muitas das grandes do mercado, em vez de venderem 10 planos de 10GB, vendem 15, 20 ou até exagerados 50 planos de 10GB! Resumindo: eles vendem o que não podem cumprir, vendem o que não tem.

Essas empresas sempre estão tendo problemas com seus clientes, quem nunca ouviu um amigo reclamar que a empresa onde ele hospedava o seu blog suspendeu o seu site do nada? Afinal, não tinha contratado 10GB de espaço em disco? A armadilha é a mesma de quem vende planos ilimitados, assunto do meu primeiro texto aqui no blog: o contrato e os termos de uso! Lá tudo é limitado e na prática um cliente de uma empresa que faz um overselling pesado dificilmente poderá usar mais do que 20% dos recursos prometidos e contratados.

É importante lembrar que o overselling também acontece com a transferência mensal, com empresas oferecendo transferências absurdas para simples planos de hospedagem de sites, números que nem servidores dedicados possuem. O cliente tem que tomar cuidado e sempre desconfiar de quem oferece muito por preços baixos. Hoje o mercado está lotado de empresas assim, diria que a maioria delas age desta forma.

Mas nem tudo no overselling é ruim. Vou continuar usando o mesmo exemplo acima. Com 100GB de espaço em disco disponível apenas 10 planos de 10GB de capacidade poderiam ser vendidos. Mas nem todos que contratam os planos de hospedagem de sites usam todo o espaço contratado. Existe um cálculo, muito comum no mercado, em que geralmente os clientes usam em média 60% do espaço contratado.

Portanto, seguindo o exemplo, os 10 planos de 10GB na verdade podem ocupar apenas 60GB dos 100GB do espaço em disco existente, assim sobrariam 40GB livres no servidor. Neste caso se a empresa vender mais dois planos de 10GB ela teria ainda mais 28GB de espaço em disco disponível, o que é uma boa margem de segurança, pois se deve reservar um bom espaço de forma que a empresa tenha tempo para adquirir um novo servidor de maior capacidade sem prejudicar os seus clientes.

Espero que tenha conseguido esclarecer este assunto e levá-lo a debate, pois este assunto é muito polêmico, pois existem os que defendem a técnica (principalmente os que a usam de forma pesada) e os que a combatem (e certamente não usam).

E fica o alerta: cuidado, pois o overselling pode fazer o seu site ou a sua empresa de hospedagem afundar…

Maclei

Trabalhando com informática a mais de 22 anos, e com internet desde 1999, não costumo esconder o jogo e odeio panelinhas e a falta de verdade que alguns insistem em praticar no mercado.

12 comentários em “Cuidado com o overselling!

  • 20 de março de 2011 em 21:13
    Permalink

    Parabéns pelo blog! Muito bom o texto 😀
    Seria interessante escrever sobre servidores no brasil e no exterior, eu pelo menos gostaria hehe.

    Abraços e boa sorte com o blog.

    Resposta
    • 20 de março de 2011 em 21:21
      Permalink

      Ruan, obrigado pelo elogio! Pretendo abordar esse tema sim, e acredito que vou desagradar muita gente, pois pretendo ser imparcial e direto, como fui neste artigo.

      Resposta
  • 21 de março de 2011 em 14:55
    Permalink

    Muito bom seu blog Maclei. Gostei dos assuntos discutidos.

    So que a concorrencia e grande e os problemas com overselling e pior ainda.
    Existe muitas eupresas que tem revenda e oferecem serviços ilimitados e as de medio e grande porte não tem como competir.
    Mas a qualidade e um bom suporte fazem sim toda a diferença; a honestidade nesses casos tambem.

    Resposta
    • 21 de março de 2011 em 15:23
      Permalink

      Alejandro, realmente é muito importante a qualidade do serviço e um bom suporte, além da honestidade.

      Resposta
  • 7 de abril de 2011 em 7:29
    Permalink

    Mais uma coisa que não sabia, muito obrigado por ajudar a todos os novatos!

    Resposta
  • 21 de abril de 2011 em 18:30
    Permalink

    Parabéns pelo texto, simples e direto.

    Resposta
  • 15 de outubro de 2011 em 22:47
    Permalink

    Vivendo e aprendendo! Eu mesmo utilizo a técnica. Uso um calculo diferente, pois a grande parte dos meus clientes não usam nem 2 gigas de espaço, e esses mesmos clientes são meus clientes de desenvolvimento de sites. Com isso tenho um certo controle.

    Eu mesmo já tive problemas com empresas de hospedagem que suspenderam meu site por usar muito tráfego, sendo que esse mesmo tráfego estava dentro do que havia sido contratado.

    Grande abraço

    Resposta
    • 15 de outubro de 2011 em 23:13
      Permalink

      Cada caso tem a sua particularidade, mas tem que tomar cuidado para não extrapolar e acabar deixando a qualidade do serviço cair.

      Resposta
  • 16 de abril de 2012 em 20:29
    Permalink

    já me ferrei por causa de overselling, e acabei ficando com má fama com alguns dos meus clientes. fujam de quem oferece planos a preços de banana.

    Resposta
  • 21 de junho de 2012 em 8:37
    Permalink

    Concordo em partes com o texto e alguns comentários. Sou conciente e sei que oversalling não é bom não e só é possível oferecer isso quem realmente está seguro de que pode disponibilizar banda e espaço em disco elevados. Lógico que tem uns aí que oferecem um espaço que chega a ser o tamanho de um hd, hehehe, isso já é uma piada mesmo, mas pra quem tem servidores de 2 tb de hd aí já é possível oferecer 5, 10, 15, 50 giga de espaço.

    A regra é: Não ofereça aquilo que você não pode cumprir.

    grande abraço!

    Resposta
    • 21 de junho de 2012 em 8:40
      Permalink

      A questão não é o tamanho do espaço em disco a oferecer, e sim cumprir com o quê é oferecido ao cliente, e geralmente quando oferecem muito espaço a “empresa” estará praticando o overselling e você não poderá usar nem metade do contratado! Essa é a realidade do mercado brasileiro.

      Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *